Design como um todo

Roberta Nascimento de Carvalho
Branding & Design Specialist
,
UPS
UPDATE:

A pandemia mudou tudo em 2020.
Por isso este artigo foi revisitado por quem escreveu em entrevista para o UXNOW com apoio da Deeploy.me

Imperdível!

Ouça este artigo

Artigo narrado por quem escreveu!

Lá trás

Quando comecei minha jornada como designer gráfico, em 2012 eu percebia que o design ainda era visto pelas grandes empresas como aquele elemento surpresa, a chamada “cereja do bolo”. Era aquele “gasto extra” que muitas empresas ainda não consideravam como algo de suma importância, a não ser que tivessem um budget considerável. Também era visto como design apenas o logo, o site, a embalagem bonita. E ponto.

Quando trabalhava em algum projeto como freelancer também via constantemente uma situação bem conhecida por qualquer designer: a do cliente que não tinha um budget decente para concluir a etapa do design. Ele tinha um business plan super bem-feito e um orçamento robusto para todos os outros aspectos do negócio mas para o design...”Ixi, vou ficar te devendo, é só isso que eu tenho pra essa parte” (não vou mencionar o “posso pagar com visibilidade?!”).

Pois bem, nos últimos anos as vertentes do design se tornaram tão próximas que podemos dizer não haver mais barreiras entre o Design Gráfico, o Service Design, o User Experience e por aí vai. Obviamente existem profissionais dedicados a cada um desses segmentos mas o que é vivido e experimentado pelo consumidor é a junção de todos esses elementos.

Hoje em dia o design bem feito é um elemento primordial, condição sinequanon para que um negócio de qualquer natureza se mantenha relevante e competitivo em seu meio de atuação. E 2020 será o ano em que as empresas terão que assimilar essa realidade. O consumidor de hoje é rápido, conectado, impaciente e o principal: tem um poder de escolha muito grande diante de tantos players no mercado em todos os segmentos.

A dificuldade maior não é para empresas recém criadas, aquelas geradas por Millennials. Essas costumam ter em seu DNA a compreensão do Design como elemento chave para a construção de um negócio de sucesso ou pelo menos têm maior agilidade para poder testar processos em razão do seu tamanho mais enxuto. 

A meu ver, o desafio maior fica para as grandes corporações, empresas que tem muito tempo de mercado e que mantém as mesmas fórmulas de anos atrás. Empresas essas que ainda custam a entender o que fazer diante da Transformação Digital e como competir com gigantes da inovação como Amazon, Booking, etc.

Curiosamente, para essas empresas não falta verba e sim líderes com a mentalidade adequada para gerir empresas alinhadas com os anseios do consumidor de 2020. Falta um mindset digital.  

A Netflix dos anos 90

Se você viveu sua infância ou adolescência nos anos 90 como eu provavelmente deve ter passado alguma noite de sexta-feira na extinta Blockbuster, a gigante americana e mais importante empresa de locação de vídeos e games. Pra mim, ir até a Blockbuster escolher um filme (ou vários) era um verdadeiro ritual, o que era um grande trunfo para a empresa que tinha uma verdadeira ligação emocional com os seus clientes.

O que poderia ter sido usado como vantagem competitiva pela marca, aliado à inovação, adaptação aos novos tempos e service design foi deixado de lado o que levou a Blockbuster à encerrar suas operações em 2010.

É importante lembrar que em 2000 a marca foi procurada pela até então desconhecida Netflix que fez uma proposta de compra da marca por 50 milhões de dólares. A proposta foi recusada pelo CEO que achou o modelo de negócio da Netflix muito segmentado.

Thomas Cook

Desconhecida no Brasil mas reconhecida globalmente como a mais antiga agência de viagens no mundo, a britânica Thomas Cook encerrou suas atividades em 2019 após 178 anos de atuação. O motivo? Não saber adaptar seu modelo de negócio aos novos tempos e inaptidão para lidar com a concorrência afiada de empresas que estão revolucionando o turismo como SkyScanner, AirBnb, Booking, entre outras.

A Thomas Cook insistiu em um modelo de negócio obsoleto em seu segmento insistindo em manter agências físicas pela Europa, o que não fazia mais sentido.
No meio digital, pecava pela pífia experiência de usuário até o momento em que foi totalmente engolida pelas concorrentes que investem incansavelmente em Inovação e User Experience.

Experiência global

O que muitas empresas precisam aprender em 2020 é que o Design a que nos referimos não são elementos isolados, são todas as interações entre a marca e o consumidor em diversos momentos do dia-a-dia dele. Não é só o logo moderno, o site bonito, é o que a marca representa, o que ela viabiliza, o que transmite. Essas mensagens só são propriamente comunicadas quando existe coerência nesse diálogo entre marca e consumidor. 

Imagine uma marca com a qual você se relaciona com frequência, um e-commerce por exemplo. Se essa marca oferece uma ótima experiência durante a compra, processo de pagamento simples e eficiente, entrega rápida, branding bem feito, etc. a sua percepção como cliente será extremamente positiva porque há coerência em todas as etapas. Agora imagine que você precise devolver um item e receber o seu dinheiro de volta e para que isso aconteça você tenha que ligar 3 ou 4 vezes para o S.A.C. da marca para no fim receber o seu reembolso em 90 dias. Péssima experiência pós compra, não? Pois essa experiência final pode colocar a perder todo “customer journey” (jornanda do cliente)  bem feito, todo branding, planning, etc. E tudo porque faltou coesão entre as etapas.

Design em 2020 é “O” coração de uma marca. É a paz de um serviço realizado com eficiência, é a conta paga pelo aplicativo sem dor de cabeça, é a passagem transferida pra outro dia com tranquilidade, a consulta médica agendada rapidamente pelo celular.

Magazine Luiza

Constantemente citada como um ótimo case de Inovação, a Magazine Luiza é também um exemplo de empresa familiar tradicional que soube muito bem adaptar o seu mindset ao meio digital. Aliando estratégias de Service Design e User Experience a marca representa hoje uma das principais referências de digitalização do mercado brasileiro. Se inspirou no conceito “lean startup para adaptar o modelo ágil das startups para sua realidade. Além disso integrou as operações digital e física dando início a uma estratégia omnichannel.

Conclusão

As empresas que ainda enxergam o design como “cereja do bolo” infelizmente vão entender da pior forma possível que esse é um erro inadmissível nos dias de hoje.

Design é a massa, a base que sustenta e mantém um negócio relevante num mercado cada vez mais competitivo onde o consumidor almeja uma experiência positiva em todos os aspectos, como um todo.

Não perca novos artigos no site e no podcast!
Não quero mais ver isso
Patrocinado:
Dados computados com sucesso!

(Essa mensagem não foi escrita por um UX Writer)
Vixi Maria! Algo errado não está certo...

Pode tentar de novo?

Se não conseguir, pode memandar um email que eu coloco seu nome da neswletter nem que seja na base do papel e caneta!

Vitor Guerra
vitor@pulegada.com.br
Roberta Nascimento de Carvalho
Branding & Design Specialist
,
UPS

Diretora de arte e Especialista em Branding com mais de 7 anos de experiência na área do design. Já passou por agências e marcas como Citroen, Calvin Klein e Kate Spade New York, no Brasil, Índia e Bélgica, onde está baseada há 4 anos. Atualmente é Coordenadora de Design na UPS, líder mundial em logística e supply chain solutions.

A história por trás do Design 2020, via Design Team

Os desafios da pesquisa compartilhada

Desirée Sant'Anna Maestri
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Desirée Sant'Anna Maestri

A importância de UI Design em um produto digital e a sua relação com UX

David Arty
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
David Arty

O criatividade das cavernas

Thalita Lefer
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Thalita Lefer

Formação e organização de times de Design

Victor Zanini
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Victor Zanini

Chegou a hora da nossa gente bronzeada mostrar seu valor

Guilhermo Reis
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Guilhermo Reis

Caminhos; experiências e narrativas

Clécio Bachini
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Clécio Bachini

O bom design começa dentro de casa

Rodrigo Peixoto
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Rodrigo Peixoto

Ética e Privacidade: UX Research em Cidades Inteligentes

Raquel Cordeiro
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Raquel Cordeiro

Por que você precisa fazer a lição de casa

Mao Barros
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Mao Barros

A (in)visibilidade da acessibilidade e inclusão nos eventos de Design

Ana Cuentro
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Ana Cuentro

Designers em (form)ação

Thiago Esser
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Thiago Esser

A natureza contraditória de um Product Owner

Hélio Basso
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Hélio Basso

Como fugir da mediocridade

JP Teixeira
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
JP Teixeira

Aprenda a atender expectativas e nunca mais (ou quase) lide novamente com frustrações!

Marcelo Sales
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Marcelo Sales

Eurocentrismo, Identidade e Negritude

Wagner Silva
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Wagner Silva

Os assistentes de voz e os desafios de desenhar interfaces conversacionais em 2020

Karina Moura
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Karina Moura

Desenhando para gigantes

Fares Hid Saba Junior
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Fares Hid Saba Junior

UX das Coisas: IoT, design e tecnologia na era dos dados

Thiago Barcelos
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Thiago Barcelos

Desenhando o futuro

Natalí Garcia
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Natalí Garcia

O papel do designer está um pouco amassado. Como ele estará no futuro?

Caio Calderari
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Caio Calderari

O ensino do Design nos tempos de quarentena

Edu Agni
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Edu Agni

Empreendedorismo feminino em UX Design

Patricia Prado
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Patricia Prado

Vamos criar novos líderes?

Claudia Mardegan
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Claudia Mardegan

O que você precisa saber sobre métricas para ser um UXer com uma visão 20/20

Allan Cardozo
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Allan Cardozo

Uma visão holística de Acessibilidade, UX e Dados como soluções que atendam a todos

Liliane Claudia
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Liliane Claudia

Vieses racistas: como combatê-los no design

Karen Santos
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Karen Santos

Seu produto é honesto com o usuário?

Flávio Pires
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Flávio Pires

Projetar para durar. Uma análise crítica da nossa profissão e dos produtos que projetamos

Filipe Landu Nzongo
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Filipe Landu Nzongo

Indo além das boas práticas de User Experience Design

Rafael Miashiro
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Rafael Miashiro

Design de produtos digitais em agências

Marcela Hippe
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Marcela Hippe

Você não sabe nada

Bruno Rodrigues
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Bruno Rodrigues

Acessibilidade com foco no usuário

Elias Fernandes
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Elias Fernandes

Como foi seu dia de trabalho?

Paola Sales
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Paola Sales

O poder da visão holística e do posicionamento estratégico do UX

Priscilla Albuquerque
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Priscilla Albuquerque

Desenhar telas não vai salvar o mundo

Bruna Amancio
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Bruna Amancio

Machine Learning e UX: insights e aprendizados (até agora…)

Carla De Bona
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Carla De Bona

UX Como SAC

Richard Jesus
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Richard Jesus

Design como ferramenta de exclusão social

Diego Rezende
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Diego Rezende

O Design está morto. Longa vida ao Design!

Al Lucca
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Al Lucca

O choque das gerações para a liderança de design

Rodrigo Lemes
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Rodrigo Lemes

É hora de falar de ética na construção produtos digitais

Ana Coli
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Ana Coli

O que é o design centrado no usuário se não são as pessoas?

Priscila Siqueira de Alcântara
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Priscila Siqueira de Alcântara

O iminente estouro da bolha de UX

Thomaz Rezende Gonçalves
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Thomaz Rezende Gonçalves

Acessibilidade como ponte de empatia para o diverso

Livia Cristina Gabos Martins
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Livia Cristina Gabos Martins

Escolhi ser designer no Brasil, e agora?

Bernardo Carvalho Wertheim
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Bernardo Carvalho Wertheim

Dia da Marmota

Daniel Furtado
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Daniel Furtado

Mais atividades, mais designers (e mais dificuldades)

Guilherme Gonzalez
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Guilherme Gonzalez

Os próximos desafios do design

Anderson Gomes da Silva
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Anderson Gomes da Silva

How might we…. Como [nós, designers] podemos construir um 2020 para nos orgulhar?

Letícia Pires
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Letícia Pires

A visão cliente é o ponto de intersecção dos meus “dois mundos”

Denise Rocha
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Denise Rocha

Reflexões sobre desenho de experiências com Inteligência Artificial e voz

Melina Alves
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Melina Alves

O Design System nasceu! E agora? Como manter ele funcionando?

Thaise Cardoso
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Thaise Cardoso

Design estratégico - como a percepção sistêmica torna meu trabalho mais eficiente

Vilma Vilarinho
Revisado após a pandemia
disponível em áudio
Vilma Vilarinho
Design 2020 também está disponível como podcast.

Updates
periódicos!
Ouça no Spotify